Dezesseis maneiras de promover o seu canal no YouTube para obter mais visualizações

Não há melhor momento do que agora para descobrir como promover o seu canal no YouTube.

Então, por que “agora”?

Para começar, o YouTube recentemente ultrapassou o Facebook como o segundo site mais visitado da web.

Em uma época em que passamos até seis horas por dia consumindo vídeo, as evidências são claras: precisamos apelar para as tendências dos nossos clientes de assistir vídeos em excesso.

Obviamente, o boom do conteúdo de vídeo resultou em uma enxurrada de marcas tentando dominar o marketing do canal YouTube de uma só vez.

Assim, se você deseja se destacar no YouTube, precisa aproveitar o máximo possível de táticas promocionais.

Abaixo, detalhamos passo a passo como promover o seu canal no YouTube para maximizar a sua audiência. Esteja você apenas começando ou desejando ver seus números aumentarem, essas dicas são válidas.
1. Escreva títulos envolventes e imperdíveis
O marketing do YouTube tem tudo a ver com apresentação.

Tipo, literalmente.

Os títulos são decisivos no que diz respeito ao desempenho do seu vídeo. Pergunte a si mesmo: você está apresentando seu conteúdo como “imperdível” ou “desinteressante?”

O segredo para criar títulos fantásticos é atrair a atenção do público sem recorrer a manchetes chamativas. As pessoas anseiam por conteúdo que seja divertido e, da mesma forma, querem saber do que se trata seu vídeo desde o início.

Por exemplo, use como exemplo uma página dos manuais de gigantes do YouTube como BuzzFeed e WhatCulture. Esses vídeos geralmente contam com listas, títulos baseados em perguntas ou hipérboles (“insano”, “…de todos os tempos”) para angariar visualizações.

Os vídeos de fitness de Athlean X são outro bom exemplo. O conteúdo do canal consegue inserir palavras-chave relevantes em seus títulos e, ao mesmo tempo, parecer coloquial.

Listas dos “melhores” e títulos “como fazer” também são sempre uma aposta segura. Aqui estão alguns títulos dignos de clique do Disney Food Blog:

A conclusão aqui é que você definitivamente deve dedicar um tempo para pensar em títulos interessantes em vez de fixar a primeira ideia que vier à cabeça.

Em termos de especificações, um estudo frequentemente citado da Tubular Insights observa que os títulos de vídeos do YouTube devem ter entre 41 e 70 caracteres. Enquanto isso, ferramentas como o analisador de títulos CoSchedule recomendam 55 caracteres para um título envolvente. A ferramenta CoSchedule não é destinado especificamente a títulos de vídeo, mas é incrível para o brainstorming de títulos amigáveis ao YouTube para ajudar a promover seu canal no YouTube.
Publique no YouTube com o Sprout Social

As oportunidades são virtualmente infinitas no YouTube, e agora você pode publicar no YouTube diretamente a partir do Sprout.

Hospede vídeos de longa duração no seu canal, amplie o alcance por meio dos extensos recursos de pesquisa do YouTube e acompanhe como seu desempenho é comparado a outras redes sociais.

Inicie um teste gratuito para experimentar nossos recursos de publicação do YouTube.
2. Aumente seu SEO do YouTube
Aqui vai uma consideração: os vídeos do YouTube aparecem em 70% dos 100 principais resultados de pesquisa do Google.

Ora, veja por si mesmo. Qualquer produto ou consulta “como fazer” no Google retornará algo do YouTube.

Na verdade, os resultados do YouTube às vezes surgem antes de postagens de blogs ou sites tradicionais.

Ouça: o YouTube é o segundo maior mecanismo de busca do mundo. Assim como as pessoas procuram produtos e precisam que os problemas resolvidos por meio do Google, o mesmo soa verdadeiro no YouTube.

Pense em seus vídeos do YouTube como qualquer outro conteúdo que precisa ser otimizado em termos de palavras-chave, tags e assim por diante.

Para aumentar suas chances de aparecer, você deve seguir algumas das práticas recomendadas para SEO do YouTube:

Títulos e descrição: inclua palavras-chave alvo em seus títulos e descrições. Você pode usar uma ferramenta como o Keywordtool.io para ajudá-lo a encontrar ideias de palavras-chave.
Mencione palavras-chave em seu vídeo: De acordo com Brian Dean da Backlinko, dizer suas palavras-chave em seu vídeo pode ajudar o YouTube a entender melhor do que trata o seu vídeo.
Engajamento: o YouTube usa o engajamento (curtidas, comentários, visualizações) para ajudar a determinar onde os vídeos são classificados nos resultados de pesquisa.
Categorias: use as categorias para ajudar o YouTube a entender melhor a quem mostrar seus vídeos.
Tags: além das categorias, você também pode adicionar tags aos seus vídeos para dar ao YouTube mais contexto sobre o seu conteúdo. Você pode usar muitas tags, então, adicione quantas você puder imaginar.

Assim como com o SEO para seu site, não use palavras-chave. Use palavras-chave quando fizer sentido, não apenas para tê-las.
3. Descubra o que o seu público quer
Seja qual for o tipo de conteúdo que você produza, você deve ter certeza de que está alinhado com o que seu público deseja. Esteja você escrevendo uma postagem de blog ou criando um vídeo, comece conhecendo seu público e que tipo de conteúdo eles querem receber de você.

Se você estiver apenas começando a promover seu canal do YouTube, dê uma olhada em seus concorrentes ou outros criadores de vídeo em seu setor. Veja quais de seus vídeos obtêm mais visualizações e engajamento. Isso lhe dará uma ideia de quais tópicos seu público deseja aprender e que estilo de vídeo ele prefere.

Outra solução é conferir o seu YouTube Analytics, caso você já tenha carregado vídeos. O YouTube oferece informações detalhadas sobre dados demográficos, localização, engajamento e outras estatísticas úteis sobre o público.

4. Engaje-se com a comunidade do YouTube
Embora você possa não pensar no YouTube como uma rede social propriamente dita, a plataforma representa uma comunidade próspera onde os usuários se engajam via de conteúdo por meio de perfis, “curtidas” e comentários.

Parece muito “social” se você quer saber.

Conforme observado anteriormente, qualquer tipo de interação com seus espectadores é visto como um sinal positivo para o YouTube. Se nada mais, engajar-se com os seus assinantes pode ajudá-lo a promover uma conexão mais forte com seu público. “Curtidas” em comentários levam apenas alguns segundos, assim como fixar um comentário principal como uma espécie de nota pessoal para seus assinantes.

Por exemplo, o canal de música Artzie Musik regularmente “curte” e responde a comentários recebidos em seus uploads recentes. O criador do canal regularmente interage com os assinantes para mostrar apreciação e também responder perguntas.

Assim como você responderia a comentários e se relacionaria com seus seguidores em qualquer outra rede social, o YouTube não é diferente.
5. Personalize suas miniaturas
Uma das táticas mais simples, porém eficazes, de promover seu canal no YouTube é criar miniaturas personalizadas.

Pense no título e na miniatura como uma espécie de golpe duplo para atrair a atenção do espectador.

Por padrão, o YouTube pega uma captura de tela de qualquer vídeo e a usa para a miniatura. Infelizmente, às vezes a imagem capturada será uma foto borrada de você ajustando a câmera ou uma transição.

Não parece bom, certo?

A criação de miniaturas não apenas torna seus vídeos mais atraentes à primeira vista, mas também sinaliza um certo senso de profissionalismo.

As miniaturas também não precisam ser uma ciência espacial. Você pode até mesmo criar um modelo com um fonte e estilo específicos para torná-lo mais consistente e de acordo com a marca. Isso é especialmente fácil com a ajuda de ferramentas de criação de imagens como o Canva. Aqui está um bom exemplo do “Binging with Babish”:

6. Promoção cruzada de seus vídeos no YouTube
Provavelmente, você está abordando tópicos semelhantes no YouTube que se sobrepõem.

Para extrair mais do seu conteúdo antigo, faça promoção cruzada de seus vídeos quando fizer sentido.

Por exemplo, você pode inserir links na descrição de um vídeo e incentivar os espectadores a verificá-los como uma espécie de chamada para ação. Embora alguns possam ficar desapontados com a recente remoção do sistema de anotações do YouTube, o link em sua descrição incentiva os espectadores a assistirem seus vídeos inteiros, sem sair.

7. Segmente os SERPs
Conforme observado, o YouTube é arrasador quando se trata de SEO.

E embora não deva criar conteúdo totalmente para mecanismos de pesquisa em vez de pessoas, você deve promover seu canal do YouTube tendo em mente o SEO.

Especificamente, análises de produtos, instruções e vídeos de longa duração (mais de 10 minutos) cobrindo tópicos específicos de palavras-chave tendem a ter uma boa classificação. Se você estiver precisando de ideias de conteúdo ou deseja capitalizar sobre uma palavra da moda em seu setor, pense em como fazer isso por meio do marketing de seu canal no YouTube.

8. Faça um concurso ou sorteio
Se há uma coisa que os usuários do YouTube adoram, é uma oferta. Hospede um concurso ou sorteio do YouTube para incentivar as pessoas a se inscreverem em seu canal e se engajarem.

Para manter seus concursos simples, faça com que as pessoas curtam seu vídeo, deixem um comentário e inscrevam-se em seu canal para participar.

Siga algumas de nossas práticas recomendadas para realizar qualquer concurso de mídia social:

Certifique-se de seguir as políticas do YouTube.
Dê um presente relacionado à sua marca: você deseja atrair mais do que apenas candidatos a brindes.
Seja criativo incorporando conteúdo gerado pelo usuário e outros requisitos de entrada não tradicionais.

No entanto, tenha cuidado ao promover concursos frequentes no YouTube. Você deve ter certeza de que está obtendo resultados de seus esforços: do contrário, você acabará perdendo tempo, dinheiro e recursos. Após realizar um concurso, espere um pouco e confira a taxa de desistência de assinantes e os números de engajamentos. Se você não estiver atraindo assinantes engajados, poderá atrair pessoas interessadas apenas em prêmios grátis.
9. Incentive os espectadores a seguir sua série
Uma maneira inteligente de promover seu canal no YouTube é criar uma série de vídeos específica abrangendo um tema ou tópico recorrente.

O popular canal foodie Bon Appétit tem uma variedade de séries diferentes que marcam sua presença no YouTube, incluindo seus vídeos “From the Test Kitchen” em andamento.

Séries são um ganha-ganha para criadores e espectadores. Para os criadores, você se responsabiliza pela criação de conteúdo novo no YouTube e não precisa se preocupar com ideias. Com relação ao seu público, eles têm algo pelo qual esperar e também um motivo para continuar voltando ao seu canal.
10. Incorpore seus vídeos do YouTube no site
Alguns dos melhores lugares para promover seu canal do YouTube estão além do próprio YouTube.

Neste caso, está comprovado que o conteúdo de vídeo melhora as taxas de conversão e reduz a taxa de rejeição no site. Se você quiser que os visitantes fiquem na página de um produto ou postagem de blog por mais tempo, incorpore um vídeo (como fizemos abaixo).

Lembre-se: qualquer oportunidade que você tiver de canalizar seu tráfego local (ou social!) para o YouTube é uma vantagem.
11. Crie listas de reprodução para organizar seu conteúdo do YouTube
Quanto mais vídeos você cria, mais difícil se torna para as pessoas navegarem em seu canal.

É por isso que as listas de reprodução são tão importantes. As listas de reprodução não apenas permitem que você agrupe seus vídeos em categorias para organizar seu canal, mas também apelam ao desejo de seus espectadores de assistir a sequência completa.

Por exemplo, o canal de cuidados pessoais Beardbrand carrega conteúdo diariamente e, portanto, acumulou centenas de vídeos abrangendo toneladas de tópicos. As várias listas de reprodução do canal ajudam a orientar os assinantes para conteúdos relevantes sem que eles tenham que procurar.

12. Na dúvida, solicite engajamento
Às vezes, simplesmente solicitar engajamento é a melhor maneira de divulgar seus vídeos.

Afinal, nem todo mundo que curte seu vídeo vai deixar uma “curtida”.

Especialmente se você for um canal promissor, não há vergonha em pedir um pouco de amor diretamente. Na verdade, solicitar que os visitantes respondam a uma pergunta na sugestão de comentários ou confiram outro vídeo são maneiras perfeitas de manter o engajamento. Você também pode criar um link para outros vídeos ou inserir um link externo para o seu site para servir como uma espécie de CTA.

13. Experimente a transmissão ao vivo
O vídeo ao vivo é uma das maiores tendências das mídias sociais e isso não irá mudar tão cedo.

Com os aplicativos como Facebook, Periscope e Instagram tornando mais fácil do que nunca a transmissão de vídeo ao vivo, mais e mais marcas estão aderindo.

O YouTube oferece vídeos ao vivo há anos, mas só recentemente começou a ganhar força. Você pode assistir a alguns vídeos populares do YouTube Live para ter uma ideia de como outras marcas estão usando a plataforma.

Alguns exemplos de como você pode usar o YouTube Live são:

Webinars
Tutoriais ao vivo
Sessões de perguntas e respostas
Demonstrações de produtos

Não se preocupe se as suas transmissões não funcionarem tão bem quanto você gostaria. Parte da diversão (e do risco) do vídeo ao vivo é que você nunca saberá o que vai acontecer. A natureza não polida e orgânica do vídeo ao vivo é exatamente o que o torna atraente. Para obter mais dicas sobre como começar a usar o YouTube Live, confira a introdução do Google à transmissão ao vivo.
14. Colabore com outros criadores e marcas
Uma tática que algumas das maiores estrelas do YouTube usaram para aumentar seu número de seguidores é colaborar com outros usuários. Cada colaboração oferece exposição a um novo público. E a melhor parte é que esses novos espectadores têm mais probabilidade de se inscrever em seu canal, pois você está trabalhando com um criador de conteúdo que eles já conhecem, gostam e confiam.

O segredo para uma colaboração bem-sucedida no YouTube é encontrar o parceiro certo. Você deseja colaborar com criadores de conteúdo que compartilham paixões semelhantes às da sua marca para que seu vídeo seja autêntico. Esta colaboração agora clássica entre BuzzFeed e Purina é um excelente exemplo de uma colaboração cuidadosa que não parece excessivamente promocional.

15. Faça uma campanha publicitária paga do YouTube
Com o marketing em geral se tornando mais pago para usar, você sempre tem a opção de promover seu canal no YouTube por meio de anúncios. O YouTube oferece uma variedade de formatos de anúncio à sua escolha:

Anúncios na barra: esses anúncios são exibidos na barra lateral direita dos vídeos e estão disponíveis apenas para computadores.
Anúncios sobrepostos: são anúncios semitransparentes exibidos na parte inferior de um vídeo. Eles estão disponíveis apenas para computadores.
Anúncios em vídeo puláveis e não puláveis: esses anúncios são exibidos antes, durante ou depois de um vídeo. Anúncios puláveis podem ser pulados após cinco segundos, mas anúncios não puláveis devem ser assistidos até o fim antes que o espectador possa assistir ao vídeo.
Anúncios bumper: são anúncios não puláveis que precisam ser assistidos antes que o espectador possa assistir ao vídeo. Eles podem ter no máximo seis segundos.
Cartões patrocinados: são cartões exibidos em vídeos relevantes. Você pode usá-los para promover seus produtos ou outros conteúdos.

Em suas criações publicitárias, você pode usar um vídeo existente ou criar algo novo para uma campanha específica. A vantagem de usar um vídeo existente é que você pode escolher um clipe que tenha sido eficaz no passado. Se um vídeo já tiver obtido muitas visualizações e engajamento organicamente, a exibição de anúncios pagos pode amplificar seus resultados.

Por outro lado, criar um novo vídeo para seus anúncios permitirá que você crie um conteúdo mais direcionado sobre o qual você tem mais controle. Por exemplo, você pode criar um anúncio com uma frase de chamariz específica no final para direcionar os espectadores a uma página de destino ou outro vídeo. Você pode saber mais sobre os formatos de anúncio em vídeo do YouTube aqui.
16. Publique regularmente seu conteúdo do YouTube nas mídias sociais
Não é nenhum segredo que conteúdo de vídeo faz sucesso nas mídias sociais em termos de engajamento e desempenho.

Como resultado, você deve promover regularmente o seu canal do YouTube para seus seguidores sociais, incentivando-os a se tornarem assinantes. Assim que um vídeo for ao ar, faça questão de avisar os seus seguidores no Facebook, Twitter, Instagram e LinkedIn. Você também pode criar trechos ou pré-visualizações para cada plataforma social que também vincula a sua produção mais recente.

Com a ajuda do Sprout Social, você pode agendar seu conteúdo e fazer promoção cruzada sem ter que pular de plataforma para plataforma. Recursos como o ViralPost também podem ajudar a garantir que seu conteúdo seja exibido ao vivo com base em quando seu público social estiver envolvido.

E com isso, encerramos nosso guia de marketing para canal no YouTube!
Como você promove o seu canal no YouTube?
O crescimento de uma audiência no YouTube não acontece por acaso.

E sim, certamente pode parecer uma confusão se o seu espaço estiver lotado de concorrentes.

É exatamente por isso que vale a pena ter uma variedade de táticas promocionais como trunfo. Embora algumas das dicas acima exijam mais esforço do que outras, cada uma pode ajudá-lo a receber mais atenção ao seu canal e, como resultado, mais assinantes.

Entretanto, adoraríamos saber a sua opinião. Você está lutando para promover o seu canal no YouTube? Algum conselho para outros criadores? Conte-nos nos comentários abaixo!

[ad_2]

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *